The Widsom of Teams (A Sabedoria das Equipes)



A Sabedoria das Equipes (título traduzido por mim, não sei se tem em portugues,rs)

Recebi o email do Idea Connection, modelo de crowdsourcing DEMAISSS… um link para uma entrevista com o autor de nome difícil Jon Katzenbach, do livro The Widsom of Teams, que faz muito sentido estar linkado no modelo de crowdsourcing.

A parte abaixo sintetiza muito do que podemos fazer para tirar o melhor proveito do grupo (tô com preguiça de traduzir, vai estudar inglês, pô! rs):

Graham Duncan (GD): Katzenbach Partners helps clients “achieve breakthrough organizational performance.” How do you move your clients from survival mode to breakthrough performance – especially in these challenging economic times?

Jon Katzenbach: By far the most critical aspect of a turnaround challenge, which is to say moving from survival to “breakthrough”, is getting the informal elements of the organization to support and catalyze the formal elements. The informal elements include such things as culture, values, work norms, emotional energy, and collaboration.

Link para a entrevista completa

“Elementos informais” como cultura, valores, normas de trabalho(?pq essa é informal?), energia emocional e colaboração fazem a diferença na hora de extrair o melhor de cada grupo, acho que esta reportagem só reforça a minha visão de Gestão Futura.
No livro “O Futuro da Administração” Gary Hamel, a empresa Gore fala sobre os desafios do programa de inovação em gestão:

Como fazer para que todos em sua empresa sejam inovadores?
Resp da Gore: Afaste-se da hierarquia, dê cada parceiro tempo de diletantismo para inovação e reforce continuamente a convicção de que inovação pode vir de qualquer pessoa.

Como garantir que as crenças sagradas de gestão não sufoquem a inovação?
Resp da Gore: NÃO FAÇA DA APROVAÇAO DA “ADMINISTRAÇÃO” UM PRÉ REQUISITO PARA INICIAR NOVOS PROJETOS. (as letras garrafais são por minha conta) utilize processo de alocação de recursos entre os colegas = link dirrrrreeeetoooo com a entrevista acima, meios INFORMAIS.

Como arrumar tempo e espaço quando todos estão trabalhando a pleno vapor?
Resp da Gore: Extrair 10% do tempo da equipe para projetos que, do contrário, ficariam fora do alcance, conceda bastante tempo para que novas ideias seja filtradas e refinadas; junte funcionários com habilidades diferentes para facilitar a colaboração em torno de novas ideias.

TUDO faz sentido agora, sempre achei que o modelo INFORMAL para a geração de soluçoes inovadoras é mais rápido e mais eficiente, por um simples fato, quando a coisa é feita “na amizade” é na amizade, poxa, muuuuuito mais útil do que o protocolo número 76 e o workflow e o PMOK PMOB 6sigma e 8 neperiano, etc etc

Porém, para a execução em si, e inserção no modelo do negócio é quase essencial uma sistematizaçao formal, logo o equilíbrio é a palavra chave.

Tão óbvio….e tão complexo….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s