A árvore do conhecimento e as sementes da ignorância.


Fui em um curso com o sociólogo e matemático Michel Authier, sobre Árvore do Conhecimento. A empresa Educartis orquestrou o curso.

As árvores de Conhecimentos[1] são um método informatizado para a gestão global das competências nos estabelecimentos de ensino, nas empresas, nos centros de emprego, nas coletividades locais e nas associações.

Este post não é exatamente para falar o que é a árvore do conhecimento, acredito que o melhor seria você ser o livro do Michel, ou ainda, se der uma googlada encontra matérias de aplicação prática como esta da Época Negócios.

Eu estava no curso e tive um insight estranho em relação a ignorância. Acho que a internet hoje é quase uma manifestação mística, acho que posso comparar como a bruxaria no século X, Merlin só ficou famoso porque sabia uma meia dúzia de elementos químicos explosivos e era bom de simsalabim!

Merlin tendo um insight "Twitter"

Merlin tendo um insight "Twitter"

– Caro conselheiro Merlin! O que o traz aos meus aposentos?

– Tenho uma nova arma secreta contra os inimigos, rei Arthur.

– Grande amigo, por favor apresse-se em me mostrar tal arma.

– Majestade, o senhor entra na internet e acessa http://www.twitter.com e voilá!

– mmmm…interessante! E o que esse tal de twitter faz?

– Majestade, o senhor colocar pequenas sementes de 140 caracteres que enfeitiça os seus súditos que passam a te seguir cegamente!

– Que maravilha!!! Que maravilha!!!

Existem algumas empresas no mercado que fazem igual ao Merlin da minha historinha, se aproveitam de novas ondas, novidades que poucos entendem e transformam em algo que não são e tentam vender goela baixo para os nossos reis.

São tantas as novas ondas, tantas as novas tendências que é fácil se encantar por todas e ser levado pela primeira consultoria tosca que fala que é EXPERT EM REDES SOCIAIS.

Não sei exatamente a razão, mas a maioria das empresas fala muita besteira em relação a redes sociais na internet. E acho difícil separar o joio do trigo.

De maneira geral, eu considero as empresas sérias aquelas que tratam redes sociais primeiramente como uma rede de pessoas (pq afinal de contas é isso mesmo) se ela entender de gente já é um grande passo!

Depois tem que entender do que ela propõe! Se ela falar sobre twitter vou caçar o twitter e ver como eles se posicionam. Se falar sobre facebook the same, orkut, youtube, yahoo answers, vimeo, slideshare, flirck, ….

Abaixo as sementes da ignorância!!!

IUHUUUU para as árvores de conhecimento!!!


[1] As árvores de conhecimentos ou árvores de competências são uma marca registrada da sociedade Trivium SA. Elas crescem graças ao software Gingo™, desenvolvido por esta mesma socoedade. Ver Michel Authier, Pierre Levy, Les Arbres des connaissances, prefácio de Michel Serres, Paris, La découvrete, 1992, nova edição 1996, argumentada de um pósfácio, em edição de bolso, pelo mesmo editor.

Anúncios

3 comentários sobre “A árvore do conhecimento e as sementes da ignorância.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s