A simplicidade é o último degrau da sabedoria.


Sempre gostei muito do Dalai, acho que ele é um dos políticos mais interessantes da atualidade.

Li um livro lindíssimo chamado As Montanhas de Buda sobre duas monjas tibetanas que são presas na década de 90 e fogem para Dharamansala ao encontro do Dalai Lama, em paralelo é contada a história do Dalai na época da revolução cultural e como ele foi parar na Índia, exilado do seu povo.

Well, em outro post eu conto com maiores detalhes sobre o livro.

A questão é: A história começa contando um pouco da história do Tibet antes da revolução cultural, uma terra tranquila governada basicamente pelos monges. Não sei se sabem (bem, eu não sabia…) mas Dalai é um título conquistado por algumas pessoas “especiais” no Tibet, ou seja, reencarnações de outros Dalais. E um grupo do alto escalão é que vai em busca dos novos dalais e também por validar se eles são ou não as verdadeiras reencarnações.

Pois bem, imaginem uma época em que os monges governavam e decidiam quem seriam os próximos líderes.

Eu, na minha santa ingenuidade, achava que monges tibetanos são pessoas evoluídas, desapegadas, espiritualmente superiores. Mas, existiam algumas famílias muito abastadas e que tinham muito interesse em ter seus filhos como Dalai. Mesmo porque além do prestígio do título, a família do Dalai tinha uma série de regalias.
E alguns monges, se permitiam receber alguns agrados e em retribuição eles olhavam os filhos dessas famílias com um carinho a parte…

No final do dia, pessoas são pessoas, e com todos os seus defeitos, ambições, egoísmos, maus hábitos, são pessoas.

Esta foi a gota d`água, meu marido sempre fala que eu superestimo as pessoas, talvez seja verdade
Que este ano de 2012 seja mais simples e realista, chega de sonhar com algo irreal, vou focar no que é possível e importante realizar.

Que Buda me permita ser simples!

 

Anúncios

4 comentários sobre “A simplicidade é o último degrau da sabedoria.

  1. Que em 2012, todos os seus desejos e vontade continuem a se realizar, dentro de um clima de paz e prosperidade!

    Estudo o pensamento complexo, segundo Edgar Morin. Quando leio “simplicidade” sei q o seu contrário não é “complexidade”. O contrário de “complexidade” é “simplificações da realidade”. Portanto, pra mim, a complexidade inclue a simplicidade e exclue as simplificações.

    Ainda bem q seu marido a alerta contra as “idealizações”, o q é um hábito comum pra os jovens como vc é.

    Beijos respeitosos a vc.
    Angelo Ricchetti

    Curtir

  2. Atitudes equilibradas em relação ao nosso conhecimento racional e intuitivo te levarão direto aos seus sonhos. Use-os com paciência que no tempo certo,quando menos perceber, eles já serāo realidade.

    Bj

    Curtir

    • Okidoki, sensei Guardaba!!!
      sabe que a virtude da paciência não é lá o meu forte…vou precisar de muita de ajuda para me desenvolver neste assunto.
      contarei com a sua ajuda… =)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s